COMPOSTEIRAS DOMESTICAS

Como forma de tratar os resíduos orgânicos nas edificações, é possível criar um sistema de composteira doméstica, aonde o lixo orgânico produzido, não é mais desperdiçado nem descartado, deixando de contribuir para a saturação dos aterros sanitários e contaminação dos lençóis freáticos.

Assim os resíduos orgânicos da edificação serão reciclados e tratados em sua própria residência produzindo adubos naturais de excelente qualidade em forma de húmus de minhoca e chorume orgânico (biofertilizante líquido). No caso do condomínio, será especificado a possível localização de cada composteira dentro de cada parcela, podendo ser construída em concreto ou caixas plásticas. Vale lembrar que não podem ficar bem expostas ao sol, para que não mate as minhocas

  • O QUE PODE E O QUE NÃO PODE SER POSTO NA COMPOSTEIRA DOMESTICA

O que PODE :

-frutas, legumes, verduras, grãos e sementes; – saquinhos de chá, erva de chimarrão, borra de café e de cevada (com filtro); – sobras de alimentos cozidos ou estragados (sem exageros) e cascas de ovos;- palhas, folhas secas, serragem, gravetos, palitos de fósforo e dentais, podas de jardim;- papel toalha, guardanapos de papel, papel de pão, papelão, embalagem de pizza e papel jornal.

O que NÃO PODE :

- carnes de qualquer espécie;- casca de limão;- laticínios, óleos, gorduras;- papel higiênico usado;fezes de animais domésticos;- frutas cítricas em grande quantidade (laranja, mexerica, abacaxi, etc); alimentos cozidos (em mais quantidade que os alimentos crus);- temperos em grande quantidade.

  • Sistema de compostagem doméstica

Veja também:  Casa Eficiente