TIJOLO ECOLÓGICO

tijolo-solo-cimentoComo indica seu próprio nome, o tijolo de solo-cimento é feito de uma composição de terra e cimento. Depois de triturada e peneirada, a terra vai juntamente com o cimento para um misturador, onde serão homogeneizados e umedecidos. Será, então, formada uma massa, a qual será prensada numa matriz com o formato do tijolo. Na sequência, o tijolo será levado a um local onde ficará armazenado por 14 dias, dos quais em 7 deverá ser molhado, a fim de garantir a cura necessária.

Os processos citados acima são descritos por normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), as quais devem ser seguidas para que seja garantido o mínimo de qualidade aceitável.

UM PRODUTO SUSTENTAVEL

Tijolos ecológicos são produtos ecológicos: é sustentável! Sua composição, seu modo de utilização e as vantagens que proporciona à construção depois de pronta, fazem com que esse produto atenda aos três critérios constituintes do tripé da sustentabilidade: econômico, social e ambiental.

Tripé da sustentabilidade

tripe-sustentabilidade

SOCIALMENTE EFICIENTE

•  Ao contribuir para a redução do déficit habitacional.

•  Ao contribuir para a disseminação dos conceitos de sustentabilidade e, consequentemente, para um futuro melhor para as próximas gerações.

•  Ao contribuir para a geração de renda.

 

É ambientalmente eficiente

•  Ao gerar menos impacto ambiental durante a fase de projeto das construções, promovendo a criação de processos padronizados que visem à rapidez dos mesmos e à seleção de processos, tecnologias e insumos adequados ao conceito de sustentabilidade para as etapas seguintes (execução e utilização)

•  Ao gerar menos impacto ambiental durante a fase de execução dos projetos, promovendo a utilização de processos, tecnologias e insumos que sejam ecologicamente amigáveis, uma vez que estes são fabricados por meio de processos e pela utilização de matérias-primas menos impactantes, contribuindo na redução do consumo de energia elétrica e água e na redução da produção de resíduos sólidos e efluentes

•  Ao gerar menos impacto durante a utilização das construções, promovendo a redução do consumo de energia elétrica e água e a redução da produção de resíduos sólidos e efluentes (durante reformas, por exemplo)

É economicamente eficiente

•  Ao gerar impostos para os governos, uma vez que a empresa é registrada

•   Ao gerar renda para os colaboradores da empresa

•   Ao promover a redução de custos durante as execuções dos projetos de construções sustentáveis, aumentando a produtividade, a redução de desperdício de material e tempo e a minimização de retrabalho

•   Ao contribuir na construção de obras que, ao ficarem prontas para utilização, durarão mais e gerarão menores custos em manutenção, consumo de água e de energia

 20 Vantagens para você construir com os Tijolos Ecológicos

1.  Economia do custo final em até 50% da parede de tijolo ecológico em relação ao uso de tijolo 6 furos;

2.  Diminui o tempo de construção em 30% com relação a alvenaria convencional, devido aos encaixes que favorecem o alinhamento e prumo da parede;

3.  Estrutura – As colunas são embutidas em seus furos, distribuindo melhor a carga de peso sobre as paredes. CRIANDO UMA ESTRUTURA MUITO MAIS SEGURA!

4.  Economia de 100% no uso de madeiras nas caixarias dos pilares, vergas e contra-vergas;

5.  Economia de até 100% da massa de assentamento, (os tijolos modelo Tijoltec, possuem encaixe perfeito e não necessita massa de assentamento);

6.  Economia de 50% de ferro;

7.  Os Tijolos Ecológicos são curados com água e sombra, diferente dos tijolos convencionais que dependem da queima de milhares de lenhas em fornos, contribuindo demasiadamente com o aquecimento global e com desmatamentos;

8.  Durabilidade maior do que o tijolo comum, pois chega a ser até 6 x mais resistente;

9.  Alivia o peso sobre a fundação evitando gastos desnecessários com  estacas mais profundas e sapatas maiores;

10. Fácil acabamento. Se preferir não precisa rebocar e pintar, economizando mais ainda. Os Tijolos Ecológicos já possuem um lindo acabamento, semelhante aos tijolos aparentes, necessitando o uso de apenas um impermeabilizante a base de silicone ou acrílico, e rejunte flexível (varias cores da vedacit e votaran);

11.  Revestimento é simples usando-se direto sobre tijolo apenas uma fina camada (2 a 3 mm) de reboco, textura, gesso ou graffiato;

12.  O assentamento dos azulejos é direto sobre os tijolos;

13.  Obra mais limpa e sem entulhos;

14.  Acústica – Como o tijolo ecológico possui dois furos, as paredes formam um isolamento acústico, diminuindo os ruídos provocados na rua para o interior da casa.

15.  Isolamento Térmico (calor) – O furo dos tijolos, são importantes pois formam câmaras térmicas evitando com isso que o calor que esta do lado de fora penetre no interior da residência. Com isso a temperatura interna é inferior à externa. UMA CASA BEM FRESCA NAQUELES DIAS DE CALOR INTENSO!

16.  Isolamento Térmico (frio) – Com o Frio acontece ao contrario, pois a temperatura da casa fica mais quente do que a externa. TEMPERATURA SEMPRE AQUECIDA NOS DIAS FRIOS!

17.  Proteção de Umidade – Esses furos também propiciam a evaporação do ar, evitando com isso, a formação de umidade nas paredes e interior da construção, que causa danos à saúde e danos materiais.

18.  Instalações Hidráulicas – Toda a tubulação é embutida em seus furos dispensando a quebra de paredes, como na alvenaria convencional. SEM DESPERCÍOS COM “QUEBRA-QUEBRA”!

19.  Instalações Elétricas – Como as instalações hidráulicas, também são embutidas nos furos, dispensando conduítes e caixas de luz, podendo os interruptores e tomadas serem fixados, diretamente sobre os tijolos.

20. A PRATICIDADE DESTE TIJOLO FARÁ SUA OBRA SER MUITO MAIS RÁPIDA!

Veja também: Paisagismo